Previdência: Bolsonaro libera mais R$ 176 mi em emendas parlamentares

Tácio Lorran | 12/07/2019 09:10:11

Entre terça e quarta, governo havia autorizado o pagamento de R$ 1,5 bilhão. Bolsonaro nega que ação esteja vinculada à "velha política"

Rafaela Felicciano/Metrópoles

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) liberou mais um lote de emendas parlamentares, que somam valor superior a R$ 176 milhões. A liberação ocorreu na noite dessa quinta-feira (11/07/2019) em meio à votação dos destaques da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

A atual gestão teme que os parlamentares votem propostas que possam desidratar a reforma, prevista inicialmente para R$ 1 trilhão em 10 anos. O texto-base foi aprovado na quarta-feira (10/07/2019) por 379 votos a 131. Desde quinta, contudo, a Casa vota os destaques e, das 15 proposições apresentadas, foram aprovadas três. Nesta sexta-feira (12/07/2019), oito textos ainda serão analisados.

No pacote publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) foram beneficiados deputados federais de 16 estados e do Distrito Federal. As mais de 300 emendas liberadas na área da saúde são destinadas a fundos municipais de assistência básica, média e de alta complexidade.

PolíticaPrevidência: Câmara abranda regras para policiais, inclusive do DFOs parlamentares estão debatendo os destaques apresentados ao texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, da nova Previdência

Jornalista: Tácio Lorran