Quadrilha gaúcha usava redes sociais para traficar drogas e armas

| 28/09/2017 11:10:06

Uma quadrilha que usava grupos no Facebook e no WhatsApp para comercializar drogas ilícitas e armas foi alvo da Operação Arcano, deflagrada na manhã desta quinta-feira (28), pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul.

Cerca de 200 agentes cumpriram 30 mandados de busca e apreensão e sete de prisão preventiva, em Porto Alegre e em outras 11 cidades gaúchas.

Segundo a polícia, os integrantes da quadrilha entravam em grupos normais de venda de objetos lícitos e se apropriavam deles, redirecionando o ambiente virtual para atividades criminosas.