Seminário debate formas de empreendedorismo para mulher

| 25/08/2017 15:45:06

Com tudo pronto para abrir seu próprio negócio, a corretora de consórcios Fátima Maria Lima veio em busca de informações que a deixe mais preparada par enfrentar o desafio do trabalho autônomo

Seminário "Mulheres Empreendedoras" (Foto: Karen Malagoli/ALMT)

Com o objetivo de estimular o empreendedorismo e fortalecer a autoestima das mulheres no mercado empresarial, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso promoveu na manhã de hoje (25) o seminário “Mulheres Empreendedoras”. O evento contou com representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (MT Fomento) e da advogada especialista em Direito do Consumidor, Gisela Simona Viana de Souza, que trouxe informações sobre as providências necessárias para se tornar um empreendedor, incluindo a legislação básica, crédito e direitos do consumidor.

O evento é uma iniciativa do primeiro-secretário da Casa de Leis, deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB), e voltado principalmente às mulheres que estão fora do mercado de trabalho, mas que têm interesse de iniciar ou consolidar um negócio próprio.  

O parlamentar afirmou que o objetivo é possibilitar que elas tenham acesso aos meios para entrarem ou se consolidarem no mercado com mais preparo. Maluf destacou ainda que a iniciativa também visa o empoderamento das mulheres. “Queremos encorajar as mulheres a ocuparem mais espaço no mercado e fortalecer a autoestima, pois a falta de oportunidade também é uma violência”.

Para a coordenadora do Clube das Mães dos bairros Novo Paraíso I e II, artesã Valdelucia Maria dos Santos, o evento é uma oportunidade das mulheres adquirirem conhecimento para transformar o trabalho que já realizam de forma informal em um empreendimento. Muitas mulheres já são empreendedoras sem saber nem ter conhecimento. “E as informações que recebemos hoje mostram que ainda temos como melhorar e render ainda mais”, comemora.

Com tudo pronto para abrir seu próprio negócio, a corretora de consórcios Fátima Maria Lima veio em busca de informações que a deixe mais preparada par enfrentar o desafio do trabalho autônomo. Fátima tem seis anos de experiência em corretagem e pretende continua na mesma área de atuação profissional, mas agora como gestora do próprio negocio. “Estou realizando meu sonho e não quero que ele vire um pesadelo por falta de conhecimento e informação técnica suficiente para administrar a minha empresa”, afirma.

A programação do seminário iniciou com a palestra da Analista Técnica do Sebrae-MT, Carla Vecchi, com o tema “Busca de Informações, Rede de Contatos e Auto-independência”. Em seguida o secretário-executivo do DESENVOLVE MT – Agência de Fomento, José Gamballi Neto falou “Empreendedorismo e Crédito”, e por fim a especialista em Direito do Consumidor, Gisela Simona Viana de Souza, que tratou sobre a aplicação do Código de Defesa do Consumidor no empreendedorismo.



Fonte: AL MT