TRANSA E CALOTE

Travesti cobra programa de 100 reais na "porrada", pega celular de "amante" e os dois vão parar na Central

Trindade/Redação 24 Horas News | 18/04/2017 09:02:48

Os dois, que antes fizeram "amor, brigaram e foram parar a Central de Flagrantes"

Foto: Ilustração

TRANSA E CALOTE - Um “desacordo comercial” entre um travesti e um jovem foi parar na Central de Flagrantes. Ela, conhecida como “Victória Laise”, afirmou que acertou receber R$ 100 para uma transa com um jovem de 21 anos. Ele concordou, mas no final deu calote.

 No paga, não paga, “Victória Laise” conta que resolveu ir para “porrada” com o “garanhão” na tentativa de pegar eu telefone celular, o que acabou acontecendo, pois apesar de ser uma “mulher”, ela ainda tem forças de homem.

 O homem resolveu expor ainda mais sua vida e acionou a Polícia Militar (PM) para contar que havia sido roubado. “Victória Laise” alegou que não roubou, apenas pegou o celular para pagar a dívida da transa.

 Como os dois não chegaram a um acordo. Se agrediram e foram transferidos do local da ocorrência, no Jardim Glória, em Várzea Grande (Grande Cuiabá para a Central de Flagrantes na noite desta segunda-feira, 17.