A partir de janeiro atendimento no PJE será realizado pelo TRT-MT

Redação 24 Horas News / Assessoria | 07/01/2019 15:07:14

A partir de hoje, 7 de janeiro de 2019, o atendimento aos usuários do sistema do Processo Judicial eletrônico (PJe) será realizado de forma regional. No Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso, eles ocorrerão pelo número 3648-4040, das 7h30 às 14h30.

Dessa forma, os números da Central Nacional (0800-200-6272 e 0800-710-4357) não estão mais disponíveis.

O suporte aos usuários dos sistemas Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho (DEJT), Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT), Malote Digital e e-Doc, no entanto, ficará sob a responsabilidade da Central de Atendimento do TST.

Otimizar recursos

A mudança, decidida conjuntamente pelo Comitê Gestor Nacional do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (CGNPJe-JT) e Comitê de Governança de Tecnologia da Informação da Justiça do Trabalho (CGTIC-JT), visa otimizar recursos, com potencial de economizar aproximadamente R$ 2 milhões por ano.

“O papel do CSJT é de evoluir e modernizar o Sistema PJe, o atendimento dos usuários do PJe já é prestado com excelência pelos próprios Tribunais, cabe agora ao CSJT supervisionar essa atividade e atuar para a melhoria contínua da qualidade desse serviço”, destaca o coordenador nacional do PJe e juiz auxiliar da Presidência do TST e do CSJT, Fabiano Pfeilsticker.

Prazos ficam suspensos até 20 de janeiro

Os prazos processuais estarão suspenso na Justiça do Trabalho até o dia 20 de janeiro. A medida atende ao artigo 220 do Código de Processo Civil, que estabelece, também, a suspensão de audiências e de sessões de julgamento.

De 7 de janeiro até o fim da suspensão, uma série de medidas internas serão adotadas no TRT de Mato Grosso e nas varas trabalhistas. Entre elas estão a inspeção judicial, a atualização, unificação e revisão de cadastro de partes e advogados quanto a CPF, CNPJ e outros dados.

Serão realizados ainda o levantamento de saldos remanescentes de contas judiciais em processos já arquivados, a contagem física dos processos, a revisão dos processos pendentes de arquivamento definitivo e de processos em arquivo provisório, bem como de regularização de serviços nas Secretarias das varas do trabalho, STP, Contadoria e Cjaesc.