Dono de time do Mato Grosso anuncia venda da equipe no Facebook

| 08/11/2017 21:12:22

Você pode ser o novo proprietário de uma equipe de futebol com 15 anos de existência, que tem no currículo três disputas de Copas do Brasil, várias finais de campeonatos estaduais no MT e a disputa de um Campeonato Brasileiro da Série C e que está na segunda divisão do Campeonato Mato-grossense no ano que vem. Rebaixado neste ano ao lado do Cacerense, o Operário Futebol Clube de Várzea Grande está à venda. O preço: R$ 350 mil.

De acordo com informações publicadas pelo portal Globoesporte.com, o proprietário do clube, Sebastião Viana, mora no Rio de Janeiro, de onde administra a agremiação à distância. As dívidas são estimadas em cerca de R$ 350 mil, divididas entre a Receita Federal e a Federação Mato-Grossense, além de um passivo trabalhista.

"Já tenho quase 65 anos de idade e não quero mais ter gastos com futebol. Estou querendo me aposentar", afirmou Viana ao portal. Ele acrescentou que não tem interesse em ganhar dinheiro com o negócio, tanto que vai vender a equipe pelo mesmo valor das dívidas - apenas não quer entregar o clube de graça. 

Segundo a reportagem, o Operário é proprietário de um CT na cidade de Várzea Grande, na Grande Cuiabá, que é disputado na Justiça por outro clube quase homônimo, o Clube Esportivo Operário Várzea-grandense (CEOV). O Operário não tem os documentos definitivos de posse do local. Também estão na justiça a disputa pelas cores oficiais da equipe e até pelo hino, já que o Operário à venda nasceu de uma dissidência da outra equipe - tanto que ficou conhecido por 'tricolor genérico'. Esta briga segue indefinida desde 2013.