Fux homologa ''monstruosa'' delação de ex-governador de MT

Redação/Estadão | 10/08/2017 00:41:37

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, homologou nesta quarta-feira (9) a delação premiada de Silval Barbosa (PMDB), ex-governador de Mato Grosso. Na semana passada, o ministro havia dito que se trata de uma delação “monstruosa”.

Silval Barbosa, que foi governador de Mato Grosso entre 2010 e 2014, fez delação premiada após prisão na Operação Sodoma, sob suspeita de liderar esquema de recebimento de propina em troca da concessão de incentivos fiscais. Na delação ele deve fazer revelações que têm relação tanto com a Operação Sodoma quanto com a Operação Ararath, na qual também é investigado.

Fux já havia homologado a delação premiada de Pedro Nadaf, ex-chefe da Casa Civil do governo de Mato Grosso. Nadaf disse em recente depoimento ao Ministério Público de Mato Grosso que Silval Barbosa lhe afirmou haver pago cerca de R$ 50 milhões em propina para conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso.