TRE adere à rede de combate a corrupção em MT

Redação 24 Horas News | 09/09/2017 01:29:36

Com o objetivo de somar esforços no combate a todos os tipos de corrução e garantir a eficiência na prestação de serviços públicos, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) aderiu à Rede de Controle da Gestão Pública de Mato Grosso, formada por diversas entidades e instituições públicas do Estado. 

O presidente do TRE-MT, desembargador Márcio Vidal, ressaltou que, ao contrário do que pode parecer, o trabalho da Justiça Eleitoral vai muito além de organizar eleições. Márcio Vidal ressaltou que, desde abril deste ano, o Tribunal tem trabalhado de forma intensa na busca de soluções tecnológicas e parcerias para ampliar o controle social sobre os agentes públicos, fechar o cerco contra a corrupção e fortalecer a democracia brasileira. 

“O momento que nós vivemos é talvez o mais difícil de nossa existência, para a República e para o amanhã. Por isso precisamos reagir. Se nós não tivermos realmente uma ação cívica, de darmos as mãos pelo bem comum, não teremos sucesso no combate à corrupção. O crime é organizado e as pessoas de bem, as instituições, também precisam se organizar para enfrentar essas organizações criminosas. Um dos pilares do TRE é justamente a integração e a interação com outras instituições”, ressaltou o presidente do TRE-MT.

Outros benefícios da parceria consistem na possibilidade de ampliar o controle sobre a aplicação dos recursos públicos do Fundo Partidário e dos recursos gastos em campanhas eleitorais. 

A Rede de Controle tem como valores a ética, colaboração, comprometimento, transparência e Celeridade. Além do TRE-MT, a Rede de Controle é composta pelo Tribunal de Contas da União (TCU), Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT), Procuradoria Geral do Estado (PGE-MT), Advocacia Geral da União (AGU), Caixa Econômica Federal (CEF), Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso (CAU-MT), Controladoria Geral do Município de Cuiabá (CGM-Cuiabá), Controladoria Geral da União em Mato Grosso (CGU/MT), Controladoria Geral do Estado de Mato Grosso (CGE-MT), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-MT), Ministério Público de Contas de Mato Grosso (MPC-MT), Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT), Ministério Público Federal – Procuradoria da República em Mato Grosso (MPF/PR-MT), Polícia Federal, Receita Federal do Brasil (RFB), , Procuradoria Geral do Município de Cuiabá e Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção - MT.

Na mesma data em que o TRE-MT aderiu à Rede de Controle da Gestão Pública na condição de membro, aderiram na condição de colaboradores a Associação Mato-grossense do Ministério Público (AMMP), a Associação dos Auditores Públicos Externos do TCE-MT (Audipe) e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).