TRE-MT apresenta plano de segurança das Eleições 2018

Redação 24 Horas News / | 03/10/2018 20:07:23

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso apresentou nesta quarta-feira (03.10) o plano de segurança que será montado para as Eleições 2018. Cerca de 4,3 mil servidores pertencentes ao Exército, polícias Federal, Militar e Civil, e Corpo de Bombeiros, deverão trabalhar no domingo (07.10). A apresentação do plano foi coordenada pelo juiz Lídio Modesto da Silva Filho, que coordenada o Gabinete de Gestão Integrada das Eleições (GGI).

 “A Justiça Eleitoral está ciente do acirramento entre os eleitores, sendo que a inteligência das polícias está acompanhando atentamente a situação. Teremos um grande efetivo nas ruas para garantir a tranquilidade no dia de eleição, e pedimos a toda sociedade que exerça o seu direito ao voto de forma serene, silenciosa, respeitando todas as opiniões. O Estado está atento a segurança”, destacou Lídio.  

Leia também:

Previsão do tempo para o 1º turno das eleições 2018

Tropas Federais estarão em MT e mais 10 estados neste domingo

Em apoio à Polícia Federal (PF) e Exército Brasileiro, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) empregará 2.299 servidores da Polícia Militar, 1.257 da Polícia Judiciária Civil, 360 do Corpo de Bombeiros Militar e 80 da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). Além disso, será mantido o efetivo habitual das forças de segurança em todo o Estado, inclusive com apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

 “Nós fizemos o planejamento bem delineado para agir primeiro preventivamente, visando dar total tranquilidade ao cidadão e que ele possa exercer seu direito ao voto. Estaremos mobilizados em todo o estado e, se for necessário, vamos agir de forma repressiva. Nós temos um setor de inteligência muito bem desenvolvido aqui em Mato Grosso que atuará, juntamente com a Abin (Agência Brasileira de Inteligência), com base em um diagnóstico preciso e análise de risco”, ressalta o secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia.

 O secretário destacou que será instalado o Gabinete de Crise, a partir desta sexta-feira (05.10), no Centro Integrado de Comando e Controle da Sesp-MT, para monitorar e agilizar o tempo de resposta às ocorrências. Os setores de inteligência de todos os órgãos de segurança estaduais e federais também estão integrados na operação das Eleições 2018.

 Representando o Exército, participaram da coletiva de imprensa o coronel Danilo Pereira de Santana, e pela Polícia Federal, o delegado Marcellus Henrique de Araujo.